“Segue-Me, estou contigo”


Após um tempo em que fizemos como o Senhor nos ordenou: “ Vinde e repousai um pouco” Mc 6,31, em que nos permitimos fazer algum tempo de reflexão, de distensão, visitámos amigos e familiares, em que refletimos o que passou e projetámos o novo ano. Estamos a recomeçar!
Setembro traz-nos mais um ano letivo-pastoral e em cada ano somos confrontadas com novos desafios e oportunidades para viver a nossa missão educativa e evangelizadora com o entusiasmo que brota duma vida alimentada da Eucaristia e da Palavra do Senhor. A Palavra que escolhemos para este ano é deveras desafiante e consoladora: “Há aqui um rapazinho que tem cinco pães de cevada e dois peixes. Mas que é isto para tanta gente?”.
É isso mesmo! Deus não precisa de muito para realizar as suas obras. Precisa do que temos. Tão-somente do que temos porque quem faz é Ele e basta-lhe a nossa grande vontade de partilhar e colaborar na Sua obra para Ele realizar as maravilhas da multiplicação. Se o rapazinho não tivesse entregue tudo o que tinha poderia acontecer o que nem queremos imaginar. Mas não! O pequeno deu tudo. Absolutamente tudo.
Confiou plenamente no Mestre! Provoca a nossa vida. Porque não fazemos o mesmo?
É verdade, sentimo-nos pobres, frágeis, com poucos recursos e com desafios permanentes pela frente. O Senhor apela à nossa generosidade e confiança. Com os pequenos gestos de bondade, de acolhimento, de cuidado pelo outro, de acompanhamento, de perdão, de partilha Ele fará brotar as maravilhas do seu amor.
“Segue-me, estou contigo”. Não é uma proposta. É um pedido consolidado de uma certeza: Ele está connosco! Estimula-nos, encoraja-nos a dar-nos por inteiro.
Cultivemos o olhar evangélico sobre a realidade para discernir a vida e a missão com o jeito de Maria numa atitude de serviço e fidelidade à vontade do Pai.
Maria nos ensinará a melhor forma de educar e evangelizar para que os jovens possam testemunhar o nosso fascínio por Cristo e se sintam desafiados também eles por este seguimento de Jesus. ”
Bom Ano!