Eleição do Conselho Geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora


Eleita a Madre Geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, Madre Chiara Cazzuola, o Capítulo Geral XXIV prossegue com a eleição das Irmãs que vão constituir o Conselho Geral.

No dia 6 de outubro de 2021, foi eleita como Vigária Geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora a Irmã María del Rosario García Ribas. A Vigária é a primeira Colaboradora da Madre Geral no compromisso de animar a vida e a fidelidade dinâmica no Instituto das FMA.

A 7 de outubro é eleita a Conselheira da Formação, a Irmã Nilza Fátima de Moraes, e a Conselheira da Pastoral Juvenil, Runita Galve Borja. A Conselheira da Formação assume o compromisso de animar e promover a formação integral e contínua das Filhas de Maria Auxiliadora. Por sua vez, a Conselheira da Pastoral Juvenil anima a ação apostólica do Instituto em todas as suas expressões, em contínua fidelidade ao carisma e às exigências da realidade Juvenil. É, igualmente, eleita Conselheira da Família Salesiana a Irmã Leslie del Socorro Sándigo Ortega, que irá oferecer orientações para que o Instituto dê a sua contribuição original – feminina e mariana – ao crescimento da comunhão e da colaboração na Família Salesiana. 

No dia 8 de outubro, a Irmã Ruth del Pilar Mora Velazco foi eleita Conselheira das Missões do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, com a responsabilidade de dar impulso à ação missionária. Foi, também, eleita a Conselheira da Comunicação Social do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, a Irmã Maria Ausilia De Siena, que tem como propósito atentar o fenómeno comunicacional nas várias culturas e propor linhas orientadoras às Inspetorias, e a Ecónoma Geral, a Irmã Ena Veralís Bolaños, que administra os bens do Instituto.

No dia 9 de outubro foram eleitas Conselheiras Visitadoras as Irmãs Chantal Mukase Ruzagiriza, Maria Assunta Sumiko Inoue, Paola Battagliola, Phyllis NevesCeline Jacob, Lidia Strzelczyk e Marta Liliana Riccioli. As Conselheiras Visitadoras têm a tarefa de promover uma relação construtiva e contínua entre as Inspetorias e a Superiora Geral e seu Conselho.

Agradecemos pelo SIM e continuamos em oração para que este Capítulo Geral e a caminhada que se segue seja um momento fecundo de esperança para o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora.